Ser Minas tão Gerais

Depois de muito tempo escutando os mineiros do Clube da Esquina, de ouvir meu pai falar de Minas com tanta paixão, de ouvir o André falando sobre Ouro Preto, e depois de muito tempo sem ver os parentes de lá, resolvi passar uns dias nas montanhas. Fui em julho deste ano e permaneci por 16 dias. Minha primeira parada foi em Itabirito, onde mora minha avó, tias e primos. Logo que cheguei estava acontecendo o JuliFest, uma festa tradicional da cidade com shows nacionais e locais, concursos da casinha mais bonita e gastronomia mineira. Adorei a festa!!! Estava tudo lindo, as casinhas muito bonitinhas e o pastel de angu arrasa na gostosura. Lá conheci os amigos do meu primo e… bom, foi uma noite muito especial e surpreendente.

Depois de 3 dias em Itabirito parti para Ouro Preto. Lá fui recebida e hospedada pelo André no seu sítio na Chapada. A Chapada é um vilarejo de OP que fica a uns 16 km da cidade, no mesmo caminho de Lavras Novas,  e que possui uma igrejinha e algumas casas em volta. É um lugar lindo, uma gracinha, e o sítio é uma delícia (bem assim). Sabe qual foi uma das melhores coisas dessa viagem? O frio! Finalmente pude desembrulhar meus casacos grossos e usá-los sem medo de ser feliz (nem de sentir calor). E outras melhores coisas: ficar no sítio de pernas pro ar, bebendo, comendo, altas conversas e muita música boa, mato, rio ou “córguinho” na beira da casa, couve do quintal, amigos, farra, fogão a lenha, muitos cobertores na hora de dormir, criança e choconhaque pra esquentar. Passamos mais tempo no sítio do que na cidade.

Amei Ouro Preto. Achei a cidade linda, o clima é tudo de bom (exceto a época de chuva né?!), e as pessoas de lá que eu conheci são bem bacanas. O que atrapalha um pouco o passeio é ter que dividir as ladeiras de ruas e calçadas estreitas com um monte de carros e pessoas. Como o centro comercial da cidade é no centro histórico, não dá pra fechar o trânsito nas ruas, mas podia-se pensar uma forma de melhorá-lo. E outra coisa que reparei é no estado de conservação de algumas igrejas, por exemplo a do Rosário, que está muito feia por fora. Acho que está na hora de dar umas restauradas por lá. Demos umas caminhadas pela cidade e pude conhecer o centro histórico e suas principais ruas, a Igreja São Francisco, o museu da escola de farmácia, o Barroco, ou como é mais conhecido Bar da Coxas, e realmente as coxinhas são deliciosas e super-indico o pastel português de queijo de lá. Tudo de bom!

Nos finais de semana eu partia para Itabirito e lá tive passeios noturnos muito legais na companhia do meu primo e do Frank. Fomos para o Cristo a noite beber vinho, ver estrelas e olhar a cidade de cima. Também fomos até o vilarejo São Gonçalo do Bação, onde acontecia um festival de inverno. Esta noite foi linda, reunimos uma turma com voz e violão e fomos para uma casa de onde assistimos, ao som de Milagre, um nascer do sol inesquecível.

Essa minha viagem para Minas Gerais foi uma descoberta de paixões: me apaixonei por Minas e suas montanhas, seu povo e seu clima.  No sítio conheci o Rafaello, o melhor bombom do mundo. Em Itabirito tomei o melhor sorvete de framboesa do mundo, da sorveteria Salada. E em uma noite (aquela mesma tão especial e surpreendente), na qual não havia intenções nem expectativas, eu conheci o Frank, um homem incrível que topou ficar comigo mesmo havendo a distância, que me mostrou ser a melhor companhia para novas aventuras, conversas, sonhos, planos e tudo mais que viveremos daqui pra frente.

Claro que já voltei em Minas depois dessa ida né?! Não tem como ficar longe de lá. Quem não conhece, vá conhecer… vale a pena. Mas não esqueça o tênis, pois as ladeiras…

Bão, o trem já tá vindo, vamos partir!

Igreja São Francisco
Ouro Preto
Antiga estação de Itabirito
JuliFest
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s